Embaixada da Austrália
Brasil
Embassy address: SES Quadra 801, Conjunto K, Lote 7, Brasilia-DF-CEP70200-010 - Telephone: +55 61 3226 3111 - Fax: +55 61 3226 1112

INFO – TURISMO

Esse visto é adequado para aqueles que desejam fazer uma visita de turismo ou outras atividades recreativas tais como: férias, passeios turísticos, razões sociais, visitar familiares ou amigos, não incluindo atividades de negócios ou trabalho.

O visto quando concedido permitirá uma única ou múltiplas entradas na Austrália pelo período de validade do mesmo.


Poderá ser requerida uma estadia de até 12 meses ou um período menor.
A estadia concedida dependerá dos motivos da visita e das circunstâncias pessoais.

O visto de turismo também poderá ser utilizado por aqueles que irão à Austrália para estudar por um período de até 12 semanas. Para cursos com duração até 12 semanas NÃO é mais obrigatória a apresentação de exames médicos. Para períodos acima de 12 semanas, deverá ser requerido um visto de estudos. Veja: Estudos.

Documentação obrigatória:

• Passaporte, assinado e válido pelo período da estadia e passaportes anteriores, se já houver viajado ao exterior;
• Formulário 48R ou 48R POR vigente, preenchido e assinado pelo requerente (a foto afixada no formulário deverá ser recente e sem alterações digitais - 6 meses no máximo - e do tamanho 5x7 ou 3x4);
• Pagamento da taxa.

Para que o visto seja concedido, é necessário cumprir os requisitos financeiros, de saúde e de caráter determinados pelo Departamento de Imigração do Governo Australiano.

A seguinte documentação poderá ser incluída com o requerimento de visto para comprovar o cumprimento desses requisitos:

Documentação complementar:

• Carta do empregador informando cargo, tempo de serviço, salário e período de férias ou contrato social da empresa;
• Comprovante de matrícula da escola ou universidade;
• Carta convite de um familiar ou amigo na Austrália (na forma de Statutory Declaration);
• Comprovante de visto permanente, se não tiver nacionalidade do país no qual o requerente pedirá o visto;
• Provas de disponibilidade financeira ou acesso a recursos suficientes para realizar a viagem do requerente do visto ou da pessoa responsável financeiramente pela viagem (se for de um terceiro deverá acompanhar uma declaração, com firma reconhecida, confirmando a disposição da pessoa em custear a viagem).
Estas provas financeiras podem incluir, mas não são restritas a: 
  - três últimos contracheques; 
  - declaração de imposto de renda; 
  - extratos bancários de conta corrente ou investimentos dos três últimos meses; 
  - recibos de compras de moeda estrangeira; 
  - extratos de cartão de credito dos três últimos meses.

O Departamento de Imigração poderá solicitar ao requerente, documentos complementares que não foram listados aqui e até mesmo os originais.

Requerimentos de visto apresentados de forma completa serão provavelmente finalizados em um tempo menor. Requerimentos incompletos poderão sofrer atrasos ou, em alguns casos, serem negados. O Departamento de Imigração não tem o dever de solicitar mais documentos se o requerimento de visto estiver incompleto.

Nenhum documento autenticado, será devolvido. Caso os documentos originais tenham sido solicitados pela seção de visto, os mesmos serão devolvidos.

Para informações sobre formulários, taxas e requisitos de saúde para um visto de turismo, veja:
Formulários, Taxas e Requisitos de Saúde

Para informações sobre o envio e retorno do requerimento, o pagamento da taxa e outras informações importantes, veja:
Informações Adicionais Importantes

Para informações sobre o endereço e meios de contato com o DIAC em Brasília, veja:
DIAC em Brasília

Sites adicionais de informação:
www.brazil.embassy.gov.au (em português)
http://www.immi.gov.au (em inglês)
Informações adicionais sobre educação, turismo e outros interesses:
www.dest.gov.au
www.dewr.gov.au
www.studyinaustralia.gov.au
www.elicos.edu.au

A tradução deste site foi realizada somente para mostrar a aplicação da legislação australiana, como também conceder informações gerais. No entanto, pedimos que não venha a tomar decisões com base nas informações traduzidas, devendo verificar o documento em inglês (http//:www.immi.gov.au), confirmando na íntegra o conteúdo da tradução.